Money Monster – #SigaODinheiro

Nota IMDB: 6.6/10
Título Original: Money Monster
Título Traduzido: Jogo do Dinheiro
Gênero: Crime, Drama, Thriller
Data e País: 13 de Maio, EUA
Duração: 98 min.
Diretor: Jodie Foster
Escritores: Jame Linden, Alan DiFiore, Jim Kouf
Elenco Principal: George Clooney, Julia Roberts, Jack O’Connell, Dominic West, Caitriona Balfe.
Slogan: Siga o Dinheiro.

Sinopse: Lee Gates (George Clooney) é o excêntrico apresentador do programa de televisão “Money Monster”. Em seu programa, Lee dá dicas sobre o mercado financeiro e o seu diferencial são suas performances junto com suas bailarinas. Em um de seus programas, Lee esta se preparando para entrar ao vivo e na sala de produção do programa, sua produtora Patty Fenn (Julia Roberts) está fazendo os ajustes finais com sua equipe.

Logo no início do programa, Patty percebe que alguém está aparecendo ao fundo da tela. Aparentemente é um entregador, já que o homem está carregando duas caixas. Porém, o homem entra no estúdio e rende Lee com uma arma, o obrigando a vestir um colete com explosivos.
Patty ordena que tirem o programa do ar, porém o homem fala que se isso acontecer, matará Lee. Patty e Lee começam a investigar o porque do homem estar fazendo isso, antes que o pior aconteça.

Money Monster é um filme que cumpre muito bem seu propósito. Entreter. Não que isso seja ruim, mas espera-se que ao final de um filme como este, com tantas possibilidades de questionamento, a gente… questione.

Porém, não foi isso que aconteceu comigo e com meu namorado. Ao final do filme, desligamos a TV e fomos dormir…

Claro que como fonte de entretenimento, Money Monster foi um ótimo filme. Durante os 98 minutos de duração, fiquei concentrada na história e querendo saber como tudo aquilo iria acabar.

Fazia tempo que eu nao assistia um filme com a Julia Roberts ou com o George Clooney. Eles, que já haviam atuado juntos em Onze Homens e um Segredo, repetiram a parceria em Money Monster, porém não fiquei satisfeita com o trabalho conjunto dos atores.

Adorei a Julia Roberts no papel da produtora do programa, achei que ela foi bastante convincente.

Julia Roberts Money Monster

Já o George Clooney ficou muito estranho no papel de Lee Gates. George Clooney é tido como um sex symbol. Não é para menos, mesmo com 55 anos, George Clooney possui um  charme arrasador (já viram a propaganda da Nespresso?). Aí, colocam ele dançando hip hop no inicio do programa e o charme vai pelo ralo…(nada contra quem dança hip hop haha, mas eu não achei grandes coisa o Sr. Clooney). Ele não parece nem um pouco confortável nessas cenas, e nas outras ele não trouxe nenhum elemento diferente… enfim… não foi seu melhor papel na minha opinião.

George Clooney dancing Money Monster

O filme teria sido um prato cheio se tivesse sido conduzido por outro rumo. Entendo que Jodie Foster, como diretora do filme, tenha optado focar na história dos personagens, ao invés de levantar questionamentos sobre o poder que a mídia possui de influenciar nossas vidas, por exemplo.

Hoje em dia, é muito mais fácil nos impressionarmos com o que pode acontecer, do que  questionarmos as coisas.

A promessa de dinheiro fácil é um exemplo. Garanto que cada um de nós possui uma história parecida para contar. Aquela tia, tio, amigo da mãe ou do pai, que recebe um email dizendo que a pessoa ganhou X reais ou 1 ipad (ou seja lá o que for) e que basta clicar no link para receber. Aí a pessoa, na santa ingenuidade, clica no link e todos seus dados são roubados.

Porque cargas d’agua VOCÊ ganharia cem mil reais clicando naquele link? Porque não fulano ou ciclano? Porque você?! As pessoas precisam colocar na cabeça que o mundo não gira em torno delas.

<SPOILER>
Durante uma parte do filme, Lee Gates fala aos seus telespectadores que eles devem investir seu dinheiro nas ações da empresa IBIS, já que seria mais seguro do que investir na poupança.

Novamente, temos um exemplo de que as pessoas preferem acreditar no que alguém fala, do que fazer o tema de casa, que seria estudar, analisar, e entender os prós e os contras de investirem seu dinheiro ao comprar as ações de uma empresa e porque investir naquela empresa em questão.

Kyle, o homem armado que mantém Lee como refém (sim, ele tem nome hehe), é um dos investidores que seguiu o conselho do apresentador e acabou perdendo os 60 mil dólares que investiu na empresa.

Jack OConnel Money Monster

Kyle invade o programa para questionar o apresentador sobre o que aconteceu e a resposta que recebe é que um bug no sistema (quem acaba culpado é sempre o pobre do analista/programador), gerou um prejuízo de 800 MILHÕES de dólares.

</SPOILER>

Nada na vida é fácil. É preciso muito trabalho, força de vontade, e claro um pouco de sorte, para que as coisas aconteçam. Então, porque as pessoas achariam que com elas seria diferente?

Fora esse ponto, que eu acho que poderia ter sido melhor trabalhado, o filme é bom e o clima de tensão que se instala a partir da chegada de Kyle, se mantém até o final do filme, quando temos o desfecho.

Não esperava que o final fosse diferente. Para mim, desde o início fica claro que é aquilo que irá acontecer.

Mesmo assim, eu daria nota 7. É um bom filme, apesar dos pesares.

Agora, pelamordosenhor, pense bem antes de tomar alguma decisão e somente tome se estiver completamente seguro do que pode vir a acontecer. Depois não diga que eu não avisei hehe.

Se você já viu Money Monster, me diga o que achou nos comentários e não esqueça de compartilhar este post com seus amigos e quem sabe como forma de indireta para aquela pessoa que acha que tudo é fácil na vida.. kkk

Beijo, Ezi

Compartilhe!