Maho Beach – San Marteen

Bom, confesso que se tem uma coisa que preciso fazer, essa coisa é postar mais frequentemente por aqui! Mas dessa vez, ando sumida por um motivo para lá de especial! =)

Estou de férias!!!! 🙂

Entrei de férias faz uns 10 dias mais ou menos, e já fiz um monte de coisa! Vou fazer posts específicos sobre as minhas férias, mas hoje queria compartilhar um pouco sobre um lugar paradisíaco!

E esse lugar é Maho, uma praia que fica localizada do lado holandês da ilha de San Marteen no Caribe!

Essa praia é famosa porque fica extremamente próxima do Aeroporto Internacional Princesa Juliana. Com certeza você já deve ter visto na internet alguma foto com algum avião super perto da praia e dos banhistas!

Pois é, passamos pela ilha pois fazia parte de um cruzeiro que fizemos e dentre as inúmeras praias que poderíamos escolher, optamos passear por esta praia. Ficamos ali por algumas horas apenas, mas valeu MUITO A PENA.

O lugar é ESTONTEANTE. O mar é de um azul esverdeado lindo. Chega a dar pena de entrar haha, mentira… dá nada hehe…

No início não passava avião nenhum e logo pensei que o fluxo devia ser muito pequeno ou que não tivemos sorte… mas nem meia hora depois, os aviões ja começaram a aparecer!

Acho que deve ter pousado de 10 a 15 aviões em umas 2 horas… e se você parar pra pensar que é uma ilha SUPER pequena e que foi recentemente devastada pelos furacões Irma e Maria, 15 aviões é MUITA COISA.

Tudo bem que alguns aviões eram pequenos e provavelmente de passeio… mas alguns eram beeeem grandes.

Juro que o primeiro avião grande que passou, passou MUITO PERTO do pessoal e de onde eu estava parecia que tinha batido de leve na cabeça da galera haha…

Para se ter noção, apenas uma rua separa o início da praia da grade do aeroporto. Nessa grade mesmo, tem uma placa avisando que é perigoso ficar próximo a grade do aeroporto quando os aviões chegam ou partem…

E é bem como você pode imaginar, um bando de gente tentando tirar a melhor foto daquela experiência pra lá de diferente, bizarra, e divertida!

Por mais legal que possa ser, todas as fotos que eu tentei tirar foram de dentro da água, onde eu me sentia um pouco mais segura haha… Acho que tentei tirar uma só fora da água… mas eu nao tenho sorte, todas fotos saiam ruins hahaha….

Ok, depois de falar sobre esse fenômeno hehe, posso falar sobre a praia!

Por mais linda que a praia seja, há alguns pequenos defeitos…

O primeiro deles é que existe talvez uns cinco metros de areia apenas… é SUPER APERTADO.

Algumas ondas mais fortes chegam até o início da areia e acabam molhando as cadeiras e os pertences que as pessoas colocam no chão.

Além disso, não é uma praia cheia de ondas, porém as poucas que tem quebram MUITO fortes na beira… quando fui entrar no mar com a minha mãe, por pouco entrei e não sai haha..

O ideal é esperar um pouco até o mar acalmar, e aí sim entrar… mas como é que eu ia saber hehe… a vontade de entrar no mar era muito grande para esperar as ondas pararem…



A água é um pouco gelada no primeiro momento… porém passaram nem 5 minutos e a água fica bem agradável e chega a ser um pouco morna!

A água é SUPER LIMPA… dá para ver até a unha do dedo mindinho!

Como disse, a praia é bem pequena… pode não parecer, mas é!

Tem apenas dois bares… um de cada lado…

Eles cobram para usar as cadeiras de praia, mas é super de boa de colocar a toalha no chão. Não tem muito espaço, é claro… tem pouca areia e depois a calçada, então as pessoas colocam as toalhas na calçada mesmo.

O preço das cadeiras era em torno de 10 dólares. Com guarda-sol com certeza era mais caro.

Optamos por não pegar cadeira e ficamos com a toalha na areia mesmo. Porém, uma santa alma resolveu ir embora e nos cedeu a cadeira e o guarda-sol.

Ficamos próximos ao bar da esquerda… hehe, a água sem gás custou 3 dólares, porém tinha WI-FI grátis! A senha era BESTBEACHBAR =D

Não comemos nem bebemos nada no bar (com a exceção das águas que tomamos na beira da praia). O bar oferece drinks e petiscos.

Alem disso, no bar tem musica ao vivo e perto do horario de irmos embora teve um show de danças.

Nos banheiros, tinham alguns baldes para lavar os pés… não da nem pra reclamar hehe, mas podiam ter nem que fosse uma torneira funcionando direitinho…

O bar ainda tem uma mini piscina, mas era paga… o bom da piscina é que as crianças poderiam usar sem medo de se afogar, era bem rasa!

Mas num paraíso como esse, duvido que alguém troque o mar pela piscina!

Como mencionei antes, chegamos até ali com um cruzeiro da Royal Caribbean. O cruzeiro atracou no porto e pegamos uma van para chegar até Maho.

O preço por pessoa é de 4 dólares ida e 4 dólares volta. Esse valor é pago integralmente e eles te colocam uma pulseirinha… assim é só mostrar a pulseira para pegar a van de volta para o porto.

Na volta, passamos nas lojinhas para comprar aquele souvenir maroto!

Compramos uma placa de carro para nossa coleção!

Achei tudo bem organizado! As vans que pegamos estavam em ótimo estado e as motoristas eram atenciosas e divertidas!

A viagem para chegar até Maho levou uns 20 minutos mais ou menos, e o que eu achei legal é que passamos por montanhas e a vista lá de cima era LINDA!

Na volta da praia, um passageiro ficou no banco da frente com a motorista e perguntava bastante coisa sobre os furacões…

O lugar ficou bastante destruído mesmo… muitos prédios pela metade e sem telhado… muitas casas devastadas!

Espero que logo eles consigam se recuperar… Com certeza o turismo ajuda…

Quando chegamos, já tinha um navio atracado no porto… só no nosso navio havia mais ou menos 4 mil pessoas, fora a tripulação…

Ou seja, é MUITA gente que para ali… ok que nem todos descem do navio (embora devessem!), mas o fluxo de pessoas é bastante grande!

Visitamos outros locais também, mas deixarei para um próximo post!

Espero que tenham gostado de conhecer um pouco mais sobre a ilha de San Marteen e a praia de Maho!

Agora, mais algumas fotos!

Vale super a pena conhecer!

Até mais,

Ezi

Comentários do Facebook
Compartilhe!