Dieta Low Carb funciona?

Sabe quando o tempo passa… você simplesmente para de olhar para baixo (literalmente), segue sua vida e quando lembra que tem um corpo percebe que ele tá todo embarangado? Pois é… isso aconteceu comigo…

Uma breve pausa para dizer que se você está acima do peso e se ama do jeito que está, ÓTIMO… mas infelizmente não é assim que funciona para todo mundo.

Quando eu tinha uns 18 anos, eu era magra feito um pau de virar tripa. Naquela época eu era feliz e não sabia hahaha. Magra era apelido… não tinha barriga, não tinha perna, definitivamente não tinha bunda… nada!

Sempre comi de tudo… menos saladas, legumes, frutas… e nunca imaginei que fosse engordar, afinal de contas, eu sempre fui magra. Só que o tempo passa e com ele os quilos aparecem.

Sempre que me perguntam onde foi que eu errei, eu culpo meu relacionamento, afinal no começo, é normal sair mais, principalmente para jantar fora… e eu e meu namorado fizemos isso durante pelo menos uns 6 anos… e por melhores que todos os jantares que tenham sido, nunca foram saudáveis.

Só que na verdade, a grande culpada sou eu. Ninguém coloca uma arma na cabeça de ninguém e o força à comer batata frita, arroz, massa, lasanha, panqueca… é sempre a gente que toma a decisão de forma consciente do que vamos comer.

Acontece que há algum tempo eu comecei a me sentir mal comigo mesma… além de minha disposição ter pedido a aposentadoria… hoje se precisar subir 1 lance de escada, eu subo… mas quase morro quando termino.

Fui fazer uns exames e consultar um médico há uns dias e claro… chegamos a constatação de que eu preciso mudar.

Preciso mudar principalmente minha alimentação, que em poucas palavras é uma merda…. e também preciso me exercitar… porque maratona de Netflix, não conta.

Então, conversando com a médica, ela me indicou ver o blog do Dr. Souto, um médico aqui de Porto Alegre que é referência na dieta low carb.

Lendo o blog dele, consegui abrir meus olhos em relação à minha alimentação. Logo fiquei abismada de perceber que praticamente só consumia besteira… ☹

Pensando de forma evolutiva, o que eu nossos antepassados (os primeiros homens do mundo haha) comiam? Principalmente carnes e vegetais… durante um bom tempo não existia arroz, massa com molho branco, lasanha bolonhesa, bolacha recheada… e eles sobreviviam… então porque a gente tem que comer?

Porque vende e dinheiro é a única coisa que a indústria alimentícia quer… na verdade não estão nem aí se boa parte do mundo é obeso, se vão precisar tomar remédios até a velhice, ou se vão ficar doentes daqui há alguns anos.

Não vou mentir, minha alimentação se resume em carnes, arroz, massas, feijão, batata, aipim, embutidos, e principalmente bolachas, salgadinhos, doces… quanto mais gordura melhor.

Você deve estar se perguntando agora se eu esqueci de mencionar saladas, legumes, etc e tal.. Não, não esqueci, porque eu não como… nunca comi…

Então é óbvio que comendo da forma que eu como, eu vou engordar muito mesmo…

E a partir do momento que ingerimos tudo isso E carboidratos do bem (que se encontram na maioria das coisas boas que existem e que devíamos comer), o que o corpo faz? Estoca a gordura boa e usa o resto como combustível.

Só que aí, como a gente ingere em quantidades exorbitantes, aquela gordura que deveria ser perdida, não é…

Então logicamente falando, quando cortamos carboidratos, o corpo passa a usar a gordura como combustível e assim emagrecemos mais “facilmente”.



Não cabe a mim escrever aqui sobre a quantidade de carboidratos que cada alimento tem, a quantidade ideal de proteínas e gorduras que devemos ingerir… porque eu não sei mesmo… então vale a pena ir ao médico, ou então acessar o blog do Dr. Souto e também o Vida Low Carb.

Quando comecei a ler sobre a dieta pensei que essa era a resposta para todos os meus problemas!

Imagina só poder comer carnes, ovos, queijos, BACON, presunto, peito de peru, chester… tudo isso À VONTADE!?

É mais ou menos essa a proposta da dieta… só que não.

Somado a essas proteínas e gorduras, temos também as saladas, legumes, verduras, seja lá a denominação. E está aí o meu problema… pois eu não como, e não sei como comer…

Hoje, 12 de Agosto, eu fui ao mercado para comprar algumas coisas… chegando em casa, fiz um molho de tomate caseiro, coisa que nunca aconteceria, fiz ovos e bife com queijo, e comi uma mini folha de alface e já comecei a questionar a minha decisão.

Ao mesmo tempo que amo carnes, sei da importância que é comer frutas e verduras, pois fazem com que o nosso corpo funcione da melhor maneira.

Já no primeiro dia está sendo difícil… e eu tenho tendências a desistir de tudo que decido fazer… mas sei que são os primeiros dias… tenho que aprender a fazer os alimentos de forma que fiquem mais gostosos, porque é preciso emagrecer e principalmente largar os alimentos do mal.

Pensei em levar super a sério… de cortar o mal pela raíz. Mas não vai funcionar, porque sei que daqui a pouco eu vou cansar e odiar o mundo.

Então vou aos poucos… já cortei o refrigerante há algumas semanas, agora vou cortar bolachas, arroz, massa, pelo menos durante a semana…

Se eu levei 6 anos para chegar ao peso que tenho, obviamente não vou emagrecer em 6 dias… é uma mudança que deve ser encarada a longo prazo…

Bom, esse texto está meio bagunçado mesmo, bem como meus pensamentos… vou tentar escrever aqui pelo menos 1 vez na semana sobre como estou me sentindo… e tentar achar umas receitas que façam com que a comida fique gostosa…

Deus me ajude e me dê forças…

Ezi

Compartilhe!