Dark Places – Em 1985, a família inteira dela foi assassinada. 30 anos depois, a verdade aparece

Nota IMDB: 6.3/10
Título Original: Dark Places
Título Traduzido: Lugares Escuros
Gênero: Drama, Mistério, Thriller
Data e País: 18/06/15 – Estados Unidos
Duração: 113 minutos
Diretor: Gilles Paquet-Brenner
Escritores: Gillian Flynn, Gilles Paquet-Brenner
Elenco Principal: Charlize Theron, Nicholas Hault, Christina Hendricks, Corey Stoll.
Slogan: “Em 1985, a família inteira dela foi assassinada. 30 anos depois, a verdade aparece.”

1

Sinopse: Libby Day, vivida quando criança por Sterling Jerins e na fase adulta por Charlize Theron, tinha apenas 7 anos quando sua família foi assassinada brutalmente dentro de sua fazenda no Kansas. Ainda no hospital, a polícia toma seu testemunho e ela, assustada com a situação, diz que o assassino era seu irmão Ben Day, vivido quando adolescente por Tye Sheridan e na fase adulta por Corey Stoll, um garoto de 16 anos que é acusado de particiar de rituais satânicos,  além de abuso sexual contra crianças e, que após envolvimento amoroso com Diondra, vivida quando adolescente por Chloe Grace Moretz e na fase adulta por Andrea Roth, ainda descobre que será pai. Ben acaba sendo condenado e é preso.

2

Durante 25 anos, Libby, que tornou-se uma mulher solitária e sombria, recebia dinheiro de estranhos que se solidarizam com os eventos ocorridos quando ela tinha apenas 7 anos, porém com o passar do tempo, ela começa a sofrer financeiramente pois sua história começa a ficar cada vez mais distante do presente, o que acaba gerando desinteresse.

Com a conta bancária perto do vermelho, Libby acaba cedendo aos pedidos de Lyle Wirth (Nicholas Hoult) de contar os ocorridos daquela noite para os membros do “Kill Club”, um clube onde pessoas analisam e tentam desvendar grandes crimes. Libby conta sua história porém os membros do clube tentam convênce-la de que na verdade Ben, seu irmão, não tem nada a ver com a história.

3

Após alguns encontros com o pessoal do clube e de ir visitar seu irmão pela primeira vez na cadeia, Libby decide ir atrás da verdade e acaba descobrindo que nada é tão simples quanto parece ser.

Dark Places, é um filme sombrio, escuro e misterioso, e eu ainda diria que um primo próximo de Gone Girl, um filme espetacular com atuações fora de série de Ben Affleck e, principalmente, Rosamund Pike, e que também irá ganhar um post em breve aqui no blog.

Ambos filmes foram baseados em livros de Gillian Flynn, que eu ainda não li, ênfase em ainda, mas que já estão na minha lista.

Dark Places é um filme intrigante e que garante que o espectador assista do primeiro ao último minuto, não pela sua execução, embora conte com nomes de peso como Charlize Theron e Corey Stoll, mas mais pela necessidade de descobrir a verdade, mais ou menos como a questão de quem matou Odete Roitman em Vale Tudo.

Um grande ponto positivo é o uso de flashbacks que mostram ao espectador eventos do passado. Em Dark Places, temos uma protagonista, Libby, no tempo atual, mas durante os flashbacks contamos com um casal de protagonistas diferente, Ben e Diondra. Mal vemos Libby nos flashbacks e quando a vemos, ela é apenas mais uma nas cenas.

Dark Places é um filme um tanto quanto parado, o que pode não agradar a todos, porém mais para o final do filme, torna-se mais agitado e, particularmente, eu gostaria que o filme tivesse sido assim por mais tempo.

Algo surpreendente para mim foi descobrir a Chloe Grace Moretz e a Christina Hendricks no elenco. Nunca havia visto nenhum trabalho da Christina e devo ser sincera e dizer que não achava que ela seria capaz de fazer um bom trabalho. Sei, foi preconceito meu, mas acrescento que a atuação dela não fez com que eu mudasse de opinião, porém, passei a respeitá-la e enxergar mais do que apenas um par de peitos gigantes hahaha. Já em relação a Chloe, acho que ela foi esforçada no papel dela, mas não gostei da atuação dela.

Falando em termos de final, o que posso dizer é que por mais “diferente” que possa ser, o final não me fez gostar mais do filme ou terminar de assistir e ir correndo descobrir mais sobre…coisa que eu faço quando realmente gosto de algum filme que vejo.

Enfim, de qualquer modo é um filme que merece ser assistido. Entre ele e o primo Gone Girl, coloco o troféu nas mãos de Rosamund Pike pela excelente atuação no último.

Agora é com você, me diga nos comentários:

Já viu o filme? Se sim, me diga o que você achou do final e o que faria no lugar de Libby!

Um beijo,

Ezi

Share